Novo Sistema de Gestão Tributária do Paraná estreia com o cadastro do ITCMD

22/10/2020

Após três anos de desenvolvimento, o Paraná está iniciando agora a implantação de um projeto pioneiro no Brasil para facilitar a integração entre a Receita Estadual e os contribuintes. O novo Sistema de Gestão Tributária (SGT) moderniza processos e cria um cadastro único, integrando os três impostos a cargo do Estado (ICMS, IPVA e ITCMD) e disponibilizando aos paranaenses serviços online em todas as plataformas disponíveis, sem complexidades.

A primeira etapa, concluída no início de outubro, permite o Cadastramento das Declarações para Transmissão Inter Vivos do ITCMD (Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doações).  A expectativa é concluir a implantação de todo o ITCMD no novo sistema até a primeira quinzena de novembro, com a inserção também da transmissão causa mortis.

Concebido para ser totalmente intuitivo, o Portal do ITCMD será integrado com os sistemas utilizados pelos cartórios, agilizando o processo. “Três anos de esforços foram dispendidos em desenvolvimento, centenas de cenários e validações foram criados. A compilação das regras do Direito Sucessório e Tributário ‘ensinam’ o SGT a convergir para aferição automática do imposto – seja para pagamento, seja para conceder a isenção. Dispensando, em grande parte das vezes, a intercedência de um Auditor Fiscal para a avaliação da declaração”, explica o diretor do Comitê de Governança do SGT, Mérito José de Souza.

Esta inédita validação dos dados reduz a necessidade de retificações, economizando tempo e recursos do contribuinte.

PRÓXIMA ETAPA – Após o ITCMD, será a vez do IPVA estar disponível no novo sistema. Já foram migrados diversos dados referentes aos veículos, como as pessoas físicas e jurídicas envolvidas no processo (proprietários e compradores), além de históricos de pagamentos e lançamentos, em um trabalho integrado com Detran e Secretaria de Segurança Pública.

O novo sistema, de acordo com Mérito, integra mais de 20 sistemas em operação – alguns criados há mais de quatro décadas, que não interagiam entre si. “Toda a complexidade fica escondida sob uma interface intuitiva e simples de compreender”, diz

“É o que a Receita do Estado deseja: um atendimento cada vez mais simples, desburocratizado e ágil. Cumprindo com sua missão constitucional, respeitando o cidadão e o contribuinte do Estado do Paraná”, finaliza o diretor da Receita Estadual, Roberto Tizon.

Fonte: SEFAZ/PR

Mais Conteúdo
PR-logo-white

Escritórios

Porto Alegre / RS

Av. Sen. Tarso Dutra, 605/301 - Petrópolis - 90.690-140
+55 (51) 3330-0400

São Paulo / SP

Rua Joaquim Floriano 413 / 151 - Itaim Bibi - 04.543-011
+55 (11) 3078-4109

 
 
 

© 2017 Pimentel & Rohenkohl Advogados Associados